SOU UMA MULHER FEMININA E JAMAIS SERIA FEMINISTA

Num dia como hoje eu teria milhões de coisas pra dizer sobre o feminismo, mas minha linda amiga Sayusa Litig já disse tudo, então só posso assinar embaixo. 😉 

Rachel Sherazade


SOU UMA MULHER FEMININA E JAMAIS SERIA FEMINISTA… SIM, EU ODEIO O FEMINISMO E NÃO DEVO NADA A ELE!!!

Dia da mulher é o melhor dia para se divertir no Facebook… É o dia para discutir com feministas… elas piram quando sabem que somos libertas dessa ideologia esquerdista!!!
Basta fazer um comentário antifeminista que as malucas raivosas aparecem, esbravejando as tradicionais e desgastadas frases de ordem: “Você acha mesmo? Então você não merece votar. Merece receber menos que os homens, ser tratada como inferior na sua casa pelo seu marido e não ter voz nem opinião? Só pra saber. Por que essas coisas foram conquistas feministas.”…

E eu só leio MI MI MI…

O feminismo é uma ideologia perversa, criada e difundida para desestabilizar a sociedade e criar um novo “modelo” de comportamento revolucionário, onde a mulher deixa de ser vista como alguém importante e delicada e passa a ser tratada como qualquer homem bruto ou vulgar.

Não estou dizendo que todo homem é vulgar, mas todo homem é, ou deveria ser, um “sistema” bruto. Homem não combina com delicadeza, esta virtude deve ser cuidadosamente trabalhada porque, graças a Deus, não é uma característica masculina.

Mulheres gostam de homens de verdade.
Feministas gostam de mulheres!
O feminismo está transformando as mulheres em machos mal acabados, e aos homens em mulherzinhas há umas 50 décadas.

O feminismo nunca buscou um homem virtuoso para se espelhar ou procurou pela igualdade com este. Não! O feminismo busca a igualdade de gênero com o que há de pior na espécie dos homens… Buscam igualdade com os mulherengos, infiéis, adúlteros, mentirosos, bêbados, violentos e de linguajar torpe.

As feministas dizem: Vamos provar para eles que também sabemos trair, mentir, roubar, matar, agredir, e somos capazes de fazer muito melhor que eles!!!
Curiosidade: As feministas “conquistaram” até o “direito” de fazer xixi em pé… Parabéns… Grande conquista!

Enquanto os homens se acovardam e se deixam subjugar pelo feminismo, muitas mulheres se submetem a esta ideologia sem se questionar sobre a origem deste movimento político ideológico de cabresto. Sem conhecer as suas percursoras e seus reais intentos.

O feminismo é um movimento ditatorial, suas adeptas são narcisistas muito cruéis. Sempre que se deparam com outras mulheres que discordam desse movimento, logo começam os ataques… Não preciso nem lembrar que os homens são o principal objeto de combate e ódio das feministas.

Sim, se você for uma mulher e não for uma feminista, você é o inimigo. Logo, você é burra, oprimida, ingrata e merece ser chicoteada pelos carrascos masculinos.
Quanto aos homens, existe dois tipos no universo feminista:
Um tipo, é aquele que já é um estuprador a partir do momento em que a ultrassonografia mostra que o feto é um menino.
O outro tipo, é aquele canalha que se diz feministo. Este gosta de todos os benefícios que a revolução sexual lhes proporcionou. Mulheres para brincar, sexo fácil e isento de responsabilidades… O que mais este menino pode querer?

O que este pessoal de esquerda ainda não entendeu, é que já deu. Estamos cansados desses discursos vitimistas, guerra entre classe, cor, sexo, condição social, etc…

O feminismo, assim como qualquer outro movimento socialista, só serve para fomentar divisões numa sociedade por natureza tão fragmentada desde os tempos mais remotos.

O Brasil já não comporta mais movimentos “sociais”… A alienação já ultrapassou os muros das faculdades e chegou as salas de aulas do ensino médio e fundamental. Já adentrou os templos religiosos dos cristãos, já se consolidou no marketing das indústrias e programas televisivos.

Não é o momento para neutralidade ou ignorância… É necessário que todo cidadão capaz de pensar, pesquise, estude e entenda que estes movimentos não passam de ferramenta de controle… Nada mais!!!

A propósito, o dia da mulher, do homem, da criança, enfim, de todo ser humano é TODOS OS DIAS!
Say

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>