Por que o feminismo não defende as mulheres – parte 2

Olá, leitores do blog O Retrógrado.

Há alguns dias, eu fiz um post falando sobre o porquê de o feminismo não defender a mulher (você pode ler aqui), e devido a grande repercussão me senti motivada a falar mais sobre o assunto, portanto gravei um áudio explicando mais alguns pontos que creio não terem ficado muito claros com o texto anterior.

Para quem quiser ler o Manifesto SCUM: https://scummanifesto.wordpress.com/

http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/ibge+homicidios+atingem+10+vezes+mais+homens+do+que+mulheres/n1237766935984.html

http://www.itatiaia.com.br/noticia/delegada-diz-que-casos-de-mulheres-acusadas-de-pedofilia-estao-crescendo

 

 

3 thoughts on “Por que o feminismo não defende as mulheres – parte 2

  1. Emi

    Li seu outro artigo e esta gravação ficou ótima, pois pontuou bem. Só não concordo com o que disse em relação a fanfic. Fanfic são histórias criadas por fãs de alguma obra fictícia, seja filme, seriado, animação, quadrinhos, etc. As pessoas que inventam histórias de estupro acusando alguém real e postam na internet não estão escrevendo uma fanfic, por mais que digam que é fanfic, elas estão cometendo um crime. Fanfic é “um livro” e não qualquer texto, qualquer relato. Eu posso escrever uma fanfic do Percy Jackson e colocar uma cena de estupro no contexto, mas não posso escrever uma fanfic usando o ator do filme, pois é crime. O tipo de texto que você descreveu não é uma fanfic. Claro que nos sites de fanfic tem muitas histórias que burlam todas as regras estabelecidas, mas isso é em toda rede. Como não dá para fiscalizar as pessoas má intencionadas usam todos os meios para levar sua mensagem ao maior número de pessoas, principalmente em locais onde tem muitos adolescentes, facilmente influenciáveis. Tem um site de jogo de meninas super popular em diversos países em que num dos cenários do jogo tem o simbolo do comunismo sobre um arbusto, de fundo, quase impercebível.

    • Nadia

      Sim, eu sei o conceito de fanfic. Só usei o termo porque é assim que temos chamado relatos falsos de assédio.

  2. Muito triste ver uma mulher disseminar esse tipo de discurso… Mentira, adoro! O feminismo está se utilizando de um conceito antigo para legitimar atuais ideias incoerentes. “Eu tenho direito de ser misandrica! Mas é pela igualdade…”. Aí não dá né. Parabéns pelo áudio, precisa ser espalhado. Tem muita menina de 12 anos tomando as coisas ditas pelo feminismo como verdade absoluta, me assusta o futuro que a sociedade terá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>