Tony Ramos, sobre o escândalo da Friboi

Pois é, toda essa ostentação estava com cheiro de carne estragada. Contrataram artistas caros e de credibilidade para fazer propaganda, no caso da Friboi era o cantos Roberto Carlos e o ator Tony Ramos. Todo esse escândalo ainda vai dar muito pano pra manga. 

Vejam o que o ator Tony ramos falou sobre o acontecido:

Tony Ramos recebeu com surpresa a informação de que a Polícia Federal realiza nesta sexta-feira, 17, uma operação – batizada de “Carne Fraca” – que apura o envolvimento de fiscais do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) em um esquema de liberação de licenças e fiscalização irregular de frigoríficos. De acordo com o G1, as investigações chegaram às principais empresas do setor, como a BRF Brasil, que controla marcas como Sadia e Perdigão, e também a JBS, que detém a Friboi, Seara, Swift, entre outras marcas. A JBS enviou um comunicado em que afirma o repúdio a qualquer prática que adultera produtos e que não houve nenhuma ação da Polícia Federal em sua sede.

“Estou surpreso com essa notícia. Eu sou apenas contratado pela empresa de publicidade, não tenho nenhum contato com JBS”, afirmou o ator que é garoto propaganda da Friboi.

Tony disse ainda que acredita na boa qualidade dos produtos que já fez campanhas publicitárias. “Não sou técnico no assunto que a Polícia Federal está fazendo a ação, mas existe um controle em todas as embalagens, existe um código de barras que as pessoas podem acompanhar a qualidade e a validade… Eu já visitei uma das fábricas, continuo comprando os produtos Friboi, eu tenho carnes deles agora no meu freezer e uso nos meus churrascos do fim de semana”.

‘Quero mais detalhes’
Apesar disso, Tony afirmou que vai entrar em contato com a empresa que o contratou para saber mais detalhes sobre o caso. “Eu espero que se apure a verdade, eles tem o direito das minhas imagens. Não sei se faria novamente, se eles forem inocentados dos erros que estão sendo acusados, eu faria. Eu vou checar essa informação imediatamente”, garantiu.

A operação
Segundo o G1, a PF cumpre 309 mandados judiciais em seis estados e no Distrito Federal. A operação, batizada de “Carne Fraca”, apura o envolvimento de fiscais do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) em um esquema de liberação de licenças e fiscalização irregular de frigoríficos. A polícia diz que essa é a maior operação já realizada pela PF no país.

2 thoughts on “Tony Ramos, sobre o escândalo da Friboi

  1. Yesha'yahu Mendonça

    A casa caiu pros PTralhas…
    Chilindro Neles e BOLSONARO PRESIDENTE 2018

  2. Wladimir Silva

    E eu acredito em saci pererê e em papai noel. Aaaaawaaahhh.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>