Renato Aragão detona com Gregorio Duvivier e suas piadas sobre religião

Sim, meus amigos, o Didi Mocó detonou com o bocó do Porta dos Fundos. Fiquei mais fã do que nunca. Respeito é tudo.

https://www.youtube.com/watch?v=2SZA_ELD0RA

7 thoughts on “Renato Aragão detona com Gregorio Duvivier e suas piadas sobre religião

  1. Italo Hanzer

    A frase do Pedro Bial, pra questionar tipo: “Ah você não faz por ter medo do inverno, por acreditar nisso.”.. Dai como o Gregorio não acredita ele não tem esse medo então não tem problema fazer a piada…. mas a questão aqui não é você acreditar ou não, logo temer ou não ao inferno.. mas sim a OUTRA pessoa acreditar!
    Esse que é o ponto.. como o Renato disse, é a fé/religião das outras pessoas… e não o medo ou crença sua no inferno.

  2. Ricardo Amb

    Hipocrisia! Cada vez mais me decepciono com o Renato Aragão (Ator), seu personagem Didi Mocó é fantástico, sempre fui fã! Mas ele não está imune as piadas com religião… Uma busca rápida no Youtube mostra isso. Justo ele que fez muita piada com religiões de matriz africana e até mesmo com a católica. Depois dos casos de preconceito, julgamento com funcionários (basta uma busca rápida) e ele vem falando que faz tudo direitinho. Olha eu não sou santo, mas a figura pública desta pessoa se baseia em um cearense pobre (Didi Mocó), coisa que ele não é. Cearense sim, pobre não, e muito menos humilde. Infelizmente um dos heróis de minha infância se afoga na arrogância… Muito decepcionado!

  3. Lucio Junior

    Renato aragão não é aquele que faz macumba? e se envolve com bruxos?

  4. deyvid0123

    Apenas em olhos de evangelicos

  5. Guilherme Rech

    “Renato Aragão detona com Gregorio Duvivier e suas piadas sobre religião”, não vi detonação nem esculacho de ninguém. Que enunciado exagerado, só foram colocadas duas opiniões distintas e uma brevíssima discussão sobre o assunto, só isso.

  6. Lucio Junior

    Quem é voce?

    2017-04-12 1:57 GMT-03:00 Disqus :

  7. brazilianniceguy

    Renato aragão cansou de fazer piada de macumba na época dos trapalhões, cara de pau

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>