Posted on Deixe um comentário

Nos olhos de quem “impõe”

A beleza sempre fez parte da humanidade, mas o politicamente correto vem condenando-a desde meados do século XX, forçando um padrão de beleza que desrespeita a opinião dos indivíduos, como aconteceu no último Miss Brasil e na escolha da Miss Finlândia.

Assista e compartilhe o novo vídeo de Opiniões Direitas.

Posted on Deixe um comentário

Admirável Mundo Novo

Somos uma sociedade onde o prazer e a própria satisfação importam mais do que a verdade, a produtividade e a prosperidade. Com isto, nos tornamos presas fáceis para o marxismo cultural sem perceber.

Assista o vídeo de Opiniões Direitas que relaciona a obra de Aldous Huxley com os dias de hoje.

Posted on Deixe um comentário

Taxistas, acordem!!!

Um pedido aos taxistas de todo o Brasil que protestam contra os aplicativos de carona: VOCÊS ESTÃO LUTANDO DO LADO ERRADO.

Assistam e compartilhem.

Posted on 2 comentários

Socialistas recebem aula sobre capitalismo e caem em contradição

Socialistas recebem aula sobre capitalismo e caem em contradição.

-Curta nossa página no facebook: https://www.facebook.com/batmancadevc/
-Siga nosso Twitter: @ORetrogrado
-Siga nosso Instagram: oretrogrado

https://www.youtube.com/watch?v=BZxSvLMBRFc

Posted on Deixe um comentário

Rockefellers, Zika e os idiotas úteis que acreditam em hoax

Uma mentira dita 100 vezes, torna-se verdade. A última hoax espalhada nas redes sociais, sejam pela direita ou esquerda, é a de que a Fundação Rockfeller é detentora do vírus da Zika e pior ainda, pessoas podem comprar a cepa do vírus pela internet.

Existem 2 coisas que realmente me tiram do sério, uma é a pseudociência e a outra é teoria da conspiração. Sinceramente não sei qual é a pior, mas isso não vem o caso agora.

Se você tem o mínimo, só um tiquinho de bom senso já não vai cair nos contos da internet. Não é preciso ter 2 PHDs, 5 doutorados, 8 mestrados e 10 graduações para perceber que a recém hoax espalhada pela internet é uma bela farsa infantil. Se você realmente acredita nisso, PARE de ler por aqui, é sério!

Quebrando mitos

Para começar, a Fundação Rockfeller NÃO é dona do vírus da zika, nem de sua patente. Vamos entender o caso. Tudo começou quando um espertinho querendo chamar atenção entrou no site da ATCC (The Global Bioresource Center) e printou esta pagina:

    AS demais informações são, descoberto em 1947, fonte: sangue do macaco rhesus selvagem em Uganda. A pesquisa foi publicada em 1952 na Transactions of the Royal Society of Tropical pelo Dr. Drick GW, link do artigo aqui. (para ver o conteúdo do artigo é preciso pagar, ou estar filiado a alguma universidade ou centro de pesquisa). Consulte aqui o mapa histórico da transmissão do Zika pelo mundo.

Está é a aba “História”, cuja a função é dizer COMO e de QUEM a ATCC conseguiu a amostra do vírus. Não é preciso ter 20 anos em fluência na língua inglesa para descobrir que “Name of Depositor” significa Nome do Depositante. Isso significa que J. Casals da Rockefeller Foundation fora a pessoa responsável pela entrega da cepa a ATCC. Se eu seguir a lógica conspiracionista, devo acreditar que a Universidade de Medicina de Maryland, Yale Arbovirus Research Unit e National Institute of Allergy and Infectious Diseases a são “donas” do vírus da Dengue. Deu para perceber que esta estupidez poderia ter acabado por aqui?

    Sobre a ATCC

Agora vamos falar sobre a ATCC. É uma empresa de biomedicina que comercializa diversos produtos entre eles cepas de vírus e bactérias. “Ahhhh eu não disse que tinha algo de errado nisso tudo? “. É preciso ser ter o cérebro da Dilma para crer que qualquer um possa ir no site e realizar um pedido de cepas virias. A verdade que esse tipo de material biológico é extremamente regulamentado, e não depende somente das 2 partes interessadas (compra e venda) para realizar a transação, existem diversas normativas a níveis mundiais para esse tipo de material seja transportado. Os modais de transporte desse tipo de produto não são os mesmos que usamos para viajar. O produto só pode ser comercializado para Universidades que desenvolvem pesquisas, laboratórios, centros de pesquisa de diagnósticos, governos e agencias, e ainda é preciso ter certificação de biossegurança, que pode variam entre BSL 1 até 4, sendo um o menor nível de segurança e 4 como o maior. Para o vírus da Zika, precisa-se de segurança nível 2. Todas essas medidas e outras que você gentilmente pode ter a bondade de ir conferir no site da ATCC, OMS e ANVISA são precauções e controle para evitar infecções.

    “Ahhh e se a ANVISA importar material da ATCC para o Brasil. Não há problema, pois temos laboratórios referência como o da Fundação Oswaldo Cruz que desenvolve vacinas, e utiliza os padrões de qualidade da ATCC, além de que a própria ANVISA possui documentos citando a ATCC em controle de qualidade, confira aqui em PDF. Inclusive o Brasil já mandou amostras para ATCC, o depositante foi o Dr. Heráclides César de Souza Araújo referência em estudos sobre a Lepra.

A ATCC é uma organização sem fins lucrativos, não comercializa patentes, apenas amostras biológicas, o preço é apenas para cobrir os custos da produção e manutenção das cepas, afinal não existe almoço grátis, não é? Dessa forma a Fundação Rockefeller e o Dr. Araújo não receberiam um dólar se quer pelas transações efetuadas pela ATCC. Além do mais a ATCC não está sozinha existem outras organizações explorando esse setor, a Riken do Japão, TBRC da Tailândia e Public Health England da Inglaterra.

    Longe de defender a Fundação Rocekfeller, todavia tanto a Fundação quando a Universidade Rockefeller cedeu inúmeras amostras a ATCC, isso os faz serem bonzinhos? Não, lembrando que eles também apoiaram experimentos nazistas, além do mais a família Rockefeller é metacapitalista. Estou dizendo que a Fundação Rockefeller também tem um papel importante no combate a doenças, pois financia diversos estudos independentes em diversas áreas, isso é bem comum nos EUA. Instituições ditas filantrópicas são financiadoras de pesquisas médicas, tecnológicas, geológicas, paleontológicas e etc. Então não se assuste ao ver repetidamente os nomes dessas grandes instituições em diversas áreas de conhecimento cientifico.

    Sobre o misterioso J. Casals

    Seu nome é Jordi Casals-Ariet e é médico virologista e epidemiologista que descobriu a Febre de Lassa, nasceu em 1911 e faleceu em 2004, ingressou na Fundação Rockefeller em 1936, lá ele realizava estudos clínicos de sua área, inclusive com o vírus da gripe influenza além de ter transformado o teste de aglutinina em ferramenta para diagnostico. Ele se tornou famosos mundialmente por seus conhecimentos em taxionomia. Um brilhante cientista que utilizou as instalações da Rockefeller para beneficiar a humanidade. Consulte mais sobre Casals aqui e aqui

    Não seja mais um idiota, o mundo está cheio deles e não precisa de mais um

    Cuidado com tudo o que você lê pela internet, na dúvida, não compartilhe, não comente, não reproduza essas imbecilidades. O caso da ATCC com o vírus Zika e a Fundação Rockefeller não passa de mais uma hoax espelhada na internet para tirar o foco das pessoas. Reserve um tempo livre para procurar e pesquisar sobre o assunto, hoje temos a facilidade da tecnologia da informação, então por favor, vamos utiliza-la e não inutiliza-la. O site E-Farsa também escreveu sobre o assunto, confira.

    Não vou perder meu tempo com um assunto tão medíocre quanto esse, portanto a quem realmente interessar, favor realizar pesquisas embasadas e deixar as conspirações para filmes de hollywood.

zika para face

Posted on 3 comentários

Entre a Foice, o Martelo e o Governo Globalista

Você que curte HQs (histórias em quadrinhos) deve ler essa grande obra escrita por Mark Millar (Guerra Civil e Kick-Ass) num tempo em que as HQs não eram tão usadas para panfletagens esquerdopatas e nem para abrigar personagens cotistas e das chamadas “minorias”. Muitos amigos me recomendavam ler “Superman: Entre a Foice e o Martelo” há muito tempo, mas só dei atenção a isso, realmente, quando passei a estudar mais seriamente sobre política e movimento revolucionário no Brasil, e não me arrependi.

“Superman: Entre a Foice e o Martelo” conta o que ocorreria se a nave do kriptoniano, que escapara de seu planeta em destruição, caísse não nos EUA, mas na URSS, em pleno regime comunista do ditador Josef Stalin. Acontecimento este que acaba mudando totalmente os rumos dos demais personagens do Universo DC.

Sem título

Kal-El é criado por membros do Partido Comunista Russo e acredita com forte convicção nos ideais do Comunismo de igualdade, em um mundo utópico sem fome e nem pobreza e luta com todas suas forças para alcançar seus objetivos sem derramamento de sangue. Porém o que vemos durante o desenrolar da trama é o óbvio: um mundo perfeito com seres humanos imperfeitos é impossível; utopias estão fadadas ao fracasso e à destruição da humanidade. Gostei muito de ver também personagens conhecidos por todos como Batman – que mais parece um membro dos Black Blocs –, Mulher Maravilha e Lanterna Verde, Lex Luthor e Lois Lane de uma maneira totalmente diferente do esperado, além do próprio Superman como um ditador.

Interessante é que no final, após a queda da ditadura comunista do Superman, Lex Luthor, até então presidente dos Estados Unidos, toma o controle mundial estabelecendo um governo global chamado Estados Unidos Global. O que em minha opinião é bem possível acontecer algo semelhante no mundo real depois de tantas tentativas de realizar o Comunismo de Marx. Imagino mesmo que virá uma classe de “iluminados” com a brilhante ideia de instaurar um governo mundial.

Deixo então esta recomendação a todos que ainda acreditam em utopias e àqueles que já deixaram de acreditar. E se você tem preconceito com histórias em quadrinho, acha que é só coisa para criança, leia também. A arte é impressionante e as cores ajudam a compor a atmosfera da história. Por fim, para mim um dos pontos fracos foi não explorar outros personagens do Universo DC que creio que caberiam muito bem na trama.